O AUTOO apurou uma notícia importante para você e que diz respeito a um dos carros de maior bagagem histórica no país: o Volkswagen Gol. Segundo nossas fontes, a nova geração do hatch seguirá uma estratégia próxima ao que a marca realizou na Índia.

“Olha, o visual vai ficar bem parecido com o do Polo europeu, bem parecido mesmo. A plataforma também vai ser a MQB, mas mesmo assim a gente pode fazer mais ou menos como a Índia, que tem a casca do carro e um interior mais simples”, revelou nossa fonte.

Vale destacar que o uso da arquitetura bem mais moderna poderá significar até o ganho de equipamentos importantes, como o controle de estabilidade, recurso já presente no rival Ford Ka. Adotar o que foi feito na Índia, com a manutenção da carroceria porém um habitáculo adaptado ao mercado, parece ser a saída mais lógica também para o Brasil.

De qualquer forma, podemos esperar que o novo Gol conte com o moderno e eficiente motor 1.0 TSI sob o capô em substituição para as versões hoje equipadas com o 1.6 8V. Além disso, assim como já notamos no facellift que estreou no mês passado, a próxima geração do hatch investirá fortemente em recursos de conectividade, com a central multimídia mais sofisticada disponível na época. Atualmente, esse é um equipamento mandatório para os modelos da categoria.

Segundo nossas fontes, a expectativa é que o novo Gol seja lançado até o fim da década, provavelmente em 2019 como modelo 2020. 

Mudanças na VW

Um dado interessante revelado por uma das fontes do AUTOO diz respeito à organização da Volkswagen no Brasil e no mundo. 

“O que ouvimos aqui é que há uma tendência forte de que o desenvolvimento de novos produtos ficaria todo concentrado na Alemanha, em Wolfsburg (sede da VW). A ala 17 aqui em São Bernardo (onde é feito o desenvolvimento de novos produtos) não deverá sumir, mas o trabalho vai ser diferente, só para adaptar tudo o que virá de lá”, revela.

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |