Maior exportador de petróleo do mundo, a Arábia Saudita agora planeja entrar para o mapa dos países com montadoras de automóveis locais. O primeiro passo foi dado no início desta semana com a assinatura de um memorando entre o presidente da Universidade Real Saudita, Abdulaah al-Othman, e o representante uma fabricante de carros sul-coreana ainda não divulgada para a idealização da nova marca.

Em entrevista para a imprensa internacional, Othman revelou que o protótipo de um carro de baixo custo específico para o país árabe será apresentado dentro de dois anos. Além disso, o presidente da Universidade afirmou também que os produtos da nova empresa terão seu desenvolvimento focado para a utilização no Oriente Médio, que abrange ainda a região norte da África.

O capital para a criação da montadora virá de potenciais investidores interessados no projeto. Mas já há cifras fixadas. Cerca de 15% do investimento virá da Wadi Al-Riyadh, uma empresa de tecnologia ligada a Universidade Real, e mais 30% da fabricante coreana que dará suporte aos árabes na empreitada automobilística.

No Salão de Genebra realizado em março deste ano na Suiça, alunos do curso de engenharia automotiva da Unividades Real Saudita apresentaram o conceito Gazal-I, um SUV desenvolvido sob a base do Mercedes-Benz Classe G.

Thiago Vinholes

|