Depois de longos oito anos, a Audi anunciou a chegada da nova geração do modelo A4. Para recompensar a demora, o sedã e a perua (Avant) receberam melhorias em todos os sentidos, o que inclui uma redução de peso de até 120 quilos.

No visual, como de costume entre os modelos convencionais da Audi, não há muita ousadia. Tanto o A4 Sedan como o A4 Avant formam um certo equilíbrio entre os rivais Mercedes-Benz Classe C, que apela mais para um lado mais refinado, e BMW Série 3, que tem uma proposta mais esportiva.

A dianteira do Audi A4 traz linhas mais agressivas, com grade hexagonal e faróis com luzes diurnas de LED. Nas laterais, o destaque fica por conta do vinco que começa nos faróis e termina nas lanternas. Já na traseira, as lanternas trazem um desenho mais moderno, com formato mais espichado, invadindo a tampa do porta-malas.

Mais distante do A3 Sedan

Em relação a geração anterior, o novo modelo está 25 milímetros mais comprido e 16 mm mais largo, com distância de entre-eixos 12 mm maior, agora com 4,73 m de comprimento, 1,84 m de largura, 1,43 m de altura e 2,82 m de entre-eixos. Além disso, o coeficiente de arrasto foi reduzido para 0,23 no sedã e 0,26 na perua. A preocupação é afastar o modelo do irmão menor A3 Sedan, que passou a ser o carro mais acessível da marca.

 
 
Audi A4 2016 Audi A4 2016
Audi A4 2016 Audi A4 2016
Audi A4 2016 Audi A4 2016
Audi A4 2016 Audi A4 2016
Audi A4 2016 Audi A4 2016
Audi A4 2016 Audi A4 2016
Audi A4 2016 Audi A4 2016
Audi A4 2016 Audi A4 2016
Audi A4 Avant 2016 Audi A4 Avant 2016
Audi A4 Avant 2016 Audi A4 Avant 2016
Audi A4 Avant 2016 Audi A4 Avant 2016
Audi A4 Avant 2016 Audi A4 Avant 2016
Audi A4 Avant 2016 Audi A4 Avant 2016
Audi A4 Avant 2016 Audi A4 Avant 2016
Audi A4 Avant 2016 Audi A4 Avant 2016
Audi A4 Avant 2016 Audi A4 Avant 2016
 
 

Como resultado, o Audi está mais espaçoso no interior. Os ocupantes traseiros ganharam 23 mm no espaço para as pernas. No porta-malas, há capacidade para 480 litros no caso do Audi A4 Sedan e 505 l no A4 Avant (volume que pode crescer para 1.510 l com o rebatimento dos bancos traseiros).

Nas demais novidades, o painel agora está mais moderno, com destaque para o painel de instrumentos de 12,3 polegadas e a iluminação ambiente em LED com 30 cores diferentes.

Entre os itens de série, há um sistema multimídia com tela de 8,3 polegadas, controles por voz, sistemas Android Auto e Apple CarPlay, WiFi hotspot e conectividade LTE, sistema de entretenimento traseiro com duas telas de 10,1 polegadas, sistema de som Bang & Olufsen, entre outros.

A redução de peso do Audi A4 é resultado da nova plataforma MLB Evo, registrando ganhos na dinâmica e no desempenho.

A gama de motores vai dispor de versões de quatro e seis cilindros a gasolina a diesel, o que inclui o 1.4 TFSI (150 cv e 25,5 kgfm), 2.0 TFSI (190 cv e 32,6 kgfm ou 252 cv e 37,7 kgfm), 2.0 TDI (150 cv e 32,6 kgfm ou 190 cv e 40,8 kgfm) e 3.0 TDI (218 cv e 40,8 kgfm ou 272 cv e 61,2 kgfm). A transmissão é uma manual de seis marchas ou automatizada S tronic de sete velocidades e dupla embreagem.

O Audi A4 Avant vai contar ainda com uma versão equipada com um motor 2.0 TFSI de 170 cv e 27,5 kgfm, com gás comprimido, capaz de entregar consumo médio de 25 km/l e autonomia de 500 km com o gás e outros 450 km com o tanque de gasolina.

A estreia do novo Audi A4 no mercado brasileiro deve acontecer no primeiro semestre do ano que vem. 

Redação

Redação |