Um superesportivo ainda mais esportivo. Assim é o R8 GT Spyder, a nova versão especial do carro mais radical da Audi. Fabricado aos moldes do R8 GT cupê, a série, agora conversível, usa o mesmo motor 5.2 FSI V10 ajustado para desenvolver 560 cv (35 cv a mais que o “normal”) e também passou por um “regime” de 85 kg com uma dieta rica em fibra de carbono. A exemplo do modelo de capota fixa diferenciado, apenas 333 unidades do GT Spyder serão produzidas.

Sendo mais leve e mais potente, logo o R8 GT Spyder também é mais rápido. Segundo a Audi, o carro acelera do 0 aos 100 km/h em 3,8 segundos e atinge 317 km/h de velocidade máxima – o R8 Spyder convencional marca 4,1 s na prova de aceleração e alcança 313 km/h. A fabricante ainda afirma que o carro reconfigurado pesa 1.640 kg, o que lhe garante uma relação peso/potência de meros 2,9 kg/cv. O câmbio R-Tronic de 6 marchas também foi reforçado.

O principal destaque estético do R8 GT Spyder é o enorme aerofólio de fibra de carbono na traseira, que é fixo. Sua função é manter o carro ainda mais estável em velocidades altas. Para isso, o modelo ainda tem a ajuda da tração integral quattro, que varia a distribuição da força entre as rodas de acordo com a utilização da máquina. O modelo também conta com entradas de ar mais acentuadas no spoiler frontal, deixando o visual do carro mais agressivo.

O pacote de alterações inclui ainda a suspensão 10 milímetros mais baixa e com braços de alumínio, as rodas aro 19” calçadas em pneus nas medidas 235/35 na frente e 295/30 na traseira e, por fim, o sistema de freios com discos de cerâmica, que são mais eficientes por conta de sua maior capacidade de dissipar o calor da peça, diminuindo a fadiga.

Já a cabine, devidamente redecorada, traz bancos concha revestidos de couro Alcantara, logotipos com a inscrição GT no painel e assentos, sistema multimídia de ponta fornecido pela Bang & Olufsen e detalhes de acabamento de fibra de carbono. O modelo já está à venda na Alemanha por € 207.800, aproximadamente R$ 477.200, sem contar impostos.

Thiago Vinholes

|