A máxima “não se mexe em time que está ganhando” vale para Audi quando se trata do utilitário esportivo Q7. Lançado em 2006, o modelo ganhou retoques de meia idade que foram extremamente discretos.

Sinal que o projeto está em dia com a concorrência. Por isso, as mudanças externas se resumiram à introdução de lâmpadas de leds nos faróis e lanternas, novo padrão visto em outros carros da Audi.

As demais alterações foram tão imperceptíveis que fizemos uma montagem comparando o Q7 antigo com o novo – para vê-las, acesse a galeria de imagens clicando na foto ao lado. Por dentro, os equipamentos foram melhorados, sobretudo o sistema MMI, de multimídia, que agora conta com mais recursos.

Para os europeus, a novidade é o motor 4.2 TDI, a diesel, que teve sua performance aprimorada. Agora são 340 cv de potência, 9 cv a mais que antes, e 12% a menos de consumo de combustível.

O Q7 deverá desembarcar no Brasil somente em 2010, assim que os estoques do modelo atual acabarem.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |