O Berlingo facilitou a vida do Doblò quando deixou de ser vendido no Brasil. Hoje a multivan da Fiat enfrenta apenas o Kangoo, da Renault, e a Partner, da Peugeot, mas esse quadro pode mudar.

A versão reestilizada do Berlingo foi lançada esta semana na Argentina, onde é produzida. Com frente baseada na nova geração europeia, o modelo, no entanto, manteve as mesmas dimensões do anterior. O painel recebeu uma leve atualização, mas a motorização permanece a 1.6 16V de 110 cv.

Consta que a saída do Berlingo do Brasil teria sido decisão do ex-presidente da Citroën Sergio Habib e que agora a marca repensa sua venda por aqui. Mas a versão escolhida seria a furgão, voltada aos frotistas. A Citroën até criou uma divisão interna para cuidar desses clientes e que oferece hoje apenas a van Jumper.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/