Dizem que os japoneses estão experimentando o mesmo remédio que “ministraram” aos americanos no final do século passado. Naquela época, as marcas dos Estados Unidos criavam e suas rivais do Japão logo copiavam e faziam melhor. Agora é a vez de os coreanos devolverem na mesma moeda para seus vizinhos orientais.

O mais recente exemplo disso é o Blue-Will, um conceito que será mostrado no Salão de Seul dentro de algumas semanas. Sua inspiração? O Prius, primeiro híbrido de sucesso, fabricado pela Toyota.

O protótipo traz um motor 1.6 de injeção direta associado a um câmbio CVT e um motor elétrico de 100W.As baterias são de lítio, o que permite recargas rápidas e sem risco de acidente.

A autonomia é semelhante ao do Volt, outro célebre veículo híbrido, mais que ainda é desenvolvido pela GM. São 64 km de alcance apenas com o motor elétrico. Quando este esgota a energia da bateria, o motor a combustão entra em funcionamento, assim como no Prius. Enquanto isso, a bateria volta a ser carregada.

O Blue-Will é projetado para ser leve e por isso tem materiais nobres como fibra de carbono e plásticos biodegradáveis. Conta também com paineis solares capazes de armazenar eletricidade, uma tendência nos novos projetos.

Resta saber se a criatura não acabará superando o criador dentro de alguns anos.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |