Para um carro que não é tão barato e que concorre com modelos de peso, o Série 1, da BMW, se deu muito bem nos seus seis anos de vida. Lançado em 2004 na versão hatch de cinco portas com a tradicional tração traseira, o automóvel alemão ganhou tempos depois uma versão de 3 portas e outras duas conversível e cupê.

E neste mês a recompensa pela iniciativa chegou com a marca de 1 milhão de unidades produzidas. Não é pouco se lembrarmos que o Classic, da Chevrolet, um carro popular, levou 15 anos para vender o mesmo volume.

O exemplar que atingiu a marca é um 118d, com motor diesel, e que foi entregue ao seu dono no Salão de Leipzig nesta segunda-feira. Certamente, a BMW já planeja a 2ª geração do bem-sucedido modelo para 2011, se o ciclo de vida for o padrão dos carros europeus.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/