Durante a apresentação do novo Z4 Roadster, em São Paulo, o presidente da BMW no Brasil, Henning Dorbusch, revelou que os planos da marca são ambiciosos e incluem a vinda do inédito X1 e do Série 5 Gran Turismo.

O X1 deve ser revelado oficialmente nos próximos dias e é o terceiro utilitário esportivo da BMW e o mais acessível deles. O modelo deve concorrer numa faixa onde hoje atuam modelos do porte do Honda CR-V e Chevrolet Captiva, porém, será mais sofisticado e caro.

Já o Série 5 Gran Turismo, apresentado há poucas semanas, depende da negociação entre a matriz e a filial brasileira: “Queremos trazê-lo, mas se pudermos vender apenas 40 ou 50 carros por ano não valerá a pena”, disse Dorbusch ao AUTOO.

O executivo explicou que um modelo novo para ser viável precisa ter vendas crescentes nos primeiros cinco anos por isso é importante ter volume suficiente para suprir a demanda. “Caso contrário, o veículo se torna um exemplar exótico e perde interesse antes da hora”, concluiu.

No que deve ser o melhor ano do grupo no Brasil em muitos anos, a BMW prometeu 15 lançamentos até o final de 2009. Nesse cálculo estão incluídos os quatro modelos do Mini, já apresentados, cinco motos (um dos segmentos que mais crescem na empresa) e seis da própria BMW.

Já estão no Brasil o 118i, versão hatch do Série 1 com preço de R$ 95 000, e o 135i Coupé, com motor 3.0 de 306 cv e preço de R$ 226 000. No 2º semestre, por exemplo, teremos as versões “M” do X5 e do X6. “A promessa é de crescer novamente na faixa dos dois dígitos”, profetizou Dorbusch.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |