A diminuição dos motores e o uso de recursos complementares de sobrealimentação é a tendência do momento na indústria automobilística. A BMW é uma das marcas à frente desse movimento. Após introduzir o novo motor quatro cilindros 2.0 biturbo no X1 xDrive28i em substituição ao bloco 3.0 seis cilindros em linha aspirado, a marca alemã confirmou nesta sexta-feira (21) que o mesmo propulsor também será aplicado no roadster Z4 e na linha Série 5 – sedã, Touring e Gran Turismo -, que igualmente abandonarão o 3.0.

De acordo com a BMW, a nova opção de motor chegará aos modelos citados a partir do final deste ano e no começo de 2012. No entanto, a empresa por hora ainda não divulgou as especificações do motor 2.0 para o Z4 e o Série 5. No X1 top de linha, o propulsor gera 245 cv e 35,6 kgfm de torque em apenas 1.250 rpm. A fabricante ainda destaca que o novo bloco é até 16% mais econômico no consumo de combustível e emissões de poluentes em relação ao antecessor com seis cilindros.

Thiago Vinholes

|