Agora é oficial. O vice-presidente global da General Motors, Bob Lutz, abandonará seu cargo atual e virará “apenas” conselheiro da marca até se aposentar definitivamente, no fim do ano. Essa decisão será um marco na história da companhia norte-americana, que vive dias difíceis atualmente.

A mudança de cargo ocorrerá em 1º de abril (não, não é mentira!). Para quem não sabe, Lutz é um dos grandes responsáveis por mudanças importantes que a GM fez nos últimos anos. Seu nome já ficou famoso na indústria automobilística por suas intervenções no destino da marca.

O alemão de Zurique tem 76 anos de idade e sempre teve como principal característica dizer o que pensava. Seus depoimentos sempre fortes, assim como o inacabável otimisto em relação ao futuro da companhia, o tornaram um dos personagens mais importantes da história da marca.

Foi de “Maximum” Bob, como costuma ser chamado, a supervisão dos mais importantes lançamentos recentes da marca. Lutz também ajudou a revitalizar a Cadillac, assim como deu luz verde a projetos como Pontiac Solstice, Opel GT e Corvette ZR1. Enfim, a saída do dirigente da companhia será um marco importante na história da indústria automobilística.

Redação

Redação |