Algumas fotos do Citroën C3 Picasso e do Peugeot 207 Pick-up, camuflados, já apareceram na internet, sugerindo que em breve esses dois modelos chegam às lojas. Essa suspeita, um tanto óbvia, foi confirmada hoje após anúncio do Grupo PSA Peugeot Citroën, que contratará 700 funcionários para operar no terceiro turno da fábrica de Porto Real, no Rio de Janeiro, a partir de fevereiro.
 
“A adoção do terceiro turno reforça a capacidade de produção da fábrica para atender a demanda do mercado e ao lançamento, este ano, de dois novos carros nacionais das marcas do Grupo PSA. Serão modelos inéditos em todo o mundo, que foram desenvolvidos no Brasil para atender ao gosto do consumidor local", afirma Vincent Rambaud, presidente para o Brasil e a América Latina da PSA Peugeot Citroën.
 
Porto Real passará a ter 2.900 colaboradores, enquanto sua capacidade de produção vai pular de 105.000 para 160.000 carros/ano. Quanto a produção de motores, serão 220.000 unidades ao ano, contra 170.000 antes da abertura do terceiro turno. A Peugeot fechou o ano passado na 5ª posição em vendas, com 3,83% de participação, enquanto a co-irmã Citroën, 6ª colocada, encerrou 2009 com 3,51% – a líder, Fiat, detém 31,76%.
Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/