Enquanto a Peugeot terá vários modelos novos no Brasil nos próximos meses, sua irmã Citroën não mudará significativamente sua linha até 2012. De acordo com o presidente da marca no país, Ivan Segal, “o C3 hoje vende bem, assim como o C4”, justificou ao ser indagado a respeito das novas gerações dos dois carros que estão sendo mostrada em Paris.

Mas Segal reconheceu que o próximo passo da montadora será lançar a versão “civil” do C3 Aircross, o crossover compacto que acaba de chegar ao mercado. Vendido na Europa como C3 Picasso, o monovolume deve ser a única novidade da Citroën em 2011 já que o DS3 ficou para 2012.

Segundo o executivo, a procura pelo DS3 tem sido grande na Europa e a matriz resolveu adiar sua vendas em outros países. Com isso, a Citroën brasileira decidiu lançar não só o DS3 como o novíssimo DS4, de maior porte, ao mesmo tempo, no 1º trimestre de 2012.

Ivan Segal acredita que venderá cerca de 150 unidades do DS3 por mês apenas nas concessionárias que adotaram o novo padrão visual da marca – o modelo é uma versão premium do C3 com design próprio e mais esportivo.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/