As negociações entre a Mitsubishi e a PSA Peugeot Citroën sobre carros elétricos se concretizaram: a partir de outubro, a montadora japonesa fornecerá 100 000 carros elétricos para o grupo francês, com as primeiras unidades desembarcando na Europa no final do ano. O modelo a ser carregado na tomada pelos europeus é i-MiEV, recém-apresentado pela Mitsubishi, mas que no velho continente se chamará Citroën C-Zero e Peugeot iOn.

O grupo PSA Peugeot Citroën quer vender 25 000 carros elétricos por ano na Europa, sendo que seu principal concorrente será o Leaf, do grupo Renault-Nissan. Segundo o diretor de Marcas do grupo PSA, Jean-Marc Gales, os veículos não passarão dos 30 mil euros, já que uma parte do preço é subsidiado pelos governos europeus.

Se nessa frente as coisas vão bem entre os dois grupos, o namoro para uma possível fusão fracassaram. Segundo um comunicado de ambas, a situação financeira teria sido a causa da falta de acordo entre elas. 

Rodrigo Mora

|