O uso de celular ao volante continua sendo uma das principais causas de acidentes em todo o mundo. Nos Estados Unidos, segundo dados do próprio governo, o número de mortes por acidentes de trânsito teve um aumento de 8,1% no primeiro semestre de 2015, tendo o uso de celular e smartphone e outras distrações como as principais causas.

No período de janeiro a junho, o número de mortes em acidentes de trânsito registrados por lá passou para 16.225 a um ritmo de mais que o dobro no aumento na condução global, gerado pela queda nos preços da gasolina e pela economia em crescimento. Este número é o maior em um período desde 1977, de acordo com estatísticas.

 

“O aumento do uso de smartphones é bastante significativo, não há dúvidas de que desempenham algum papel. Mas ainda não temos informações suficientes para determinar como um grande papel”, diz Mark Roseking, que lidera a National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), órgão responsável pela segurança do trânsito nos EUA.

Roseking critica ainda a ausência de leis estaduais que proíbem o uso de smartphones no trânsito ou a exigência de uso de cintos de segurança e capacetes para motociclistas. 

Redação

Redação |