O surgimento de novas marcas chinesas de automóveis no Brasil continua com força total. Quem vem por aí desta vez é a Changan, a divisão de carros de passeio da Chana, que já vende por aqui desde 2006 veículos comerciais leves. A nova bandeira, segundo a assessoria de comunicação da empresa no país, estreia no segundo semestre de 2012 com o CX20, uma minivan compacta com um “que” de crossover.

Lançado em março deste ano na China, o CX20 é menor do que a imagem sugere. Conforme dados da Changan, o veículo mede 3,90 metros de comprimento, 1,70 m de largura e 1,57 m de altura. Na cabine há espaço para cinco ocupantes e o motor 1.3 16V desenvolve 63 cavalos de potência e torque máxima de 11,2 kgfm. Haverá ainda opção de câmbio manual de 6 marchas e automático de 4 marchas. Seu preço será algo em torno de R$ 34.000.

A Changan, entretanto, chegará ao Brasil bastante atrasada. Presente no Salão do Automóvel de São Paulo em 2010, a empresa representada pela Districar (que também importa para o país carros da Chana e SsangYoung) garantiu no evento que iniciaria suas atividades a partir de março deste ano. Por enquanto, nenhum veículo veio para o país.

Changan CX20
Divulgação

Modelo chinês mede 3,90 metros de comprimento e motor 1.3 16V gera 63 cv

Ainda de acordo com a assessoria, o atraso se deu por conta da mudança de linha dos modelos Changan na China. O CX20, por exemplo, substituiu o Benni, um dos veículos que a marca pretendia vender no mercado nacional. A fabricante, porém, não comentou sobre a vinda de mais automóveis de passeio da montadora chinesa para o mercado nacional.

Como todo carro chinês à venda no Brasil, o CX20 já virá equipada com uma vasta lista de equipamentos de série, que inclui itens como ar-condicionado, direção hidrálica, freios ABS, airbag duplo frontal, rádio, entre outros componentes.

Thiago Vinholes

|

Veja mais notícias da marca