Pressionada pelo aumento do valor dos fretes internacionais, a Chery reajustou os preços de Tiggo e Cielo no Brasil. O SUV ficou 4% mais caro, saltando de R$ 49 900 para R$ 51 900. Já o outro modelo, oferecido nas carrocerias hatch e sedã pelo mesmo preço, subiu de R$ 41 900 para R$ 42 900.

Equipado com motor 2.0 16V de 135 cv, o utilitário esportivo chinês chegou ao mercado nacional em agosto do ano passado, pretendendo ser uma alternativa ao Ford EcoSport. Já o Cielo desembarcou por aqui há quase um mês, com motor 1.6 16V de 119 cv, buscando entrar na briga de compactos premium oferecendo mais por menos.

Rodrigo Mora

|