A Chery apresentou a linha 2011 do Tiggo, seu utilitário compacto. As novidades não ficam apenas no visual, mas também no acabamento interno e na gama de motores.

A principal mudança está na frente, totalmente renovada. Para-choques, faróis, grade e capô deram um aspecto mais moderno ao carro. Na lateral, novas rodas e frisos, enquanto a traseira muda apenas nos detalhes. Se a frente toma o Hyundai Santa Fe como modelo, internamente a inspiração é ainda mais evidente, principalmente em elementos como painel, volante e CD player. Outras mudanças significativas estão no console central e no revestimento interno, que agora combina amarelo e cinza, como no hatch/sedã Cielo.

Sob o capô, mais novidades. Na China, o Tiggo abandona o bloco 1.8 16V de 131 cv e adota um 1.6 16V turbo, que chega aos 150 cv – também acoplado a um câmbio manual de cinco marchas. Segundo a Chery, o novo Tiggo chega a 175 km/h de velocidade máxima, percorrendo o 0 a 100 km/h em 10,1 segundos.

Na lista de equipamentos estão ABS com EBD, airbag duplo, teto solar elétrico, rodas aro 16, entre outros. No Brasil, o novo Tiggo deve chegar no ano que vem, mas possivelmente mantendo o atual motor 2.0 16V, de 135 cv.

Rodrigo Mora

|