Parece o fim de uma novela. A General Motors do Brasil sempre namorou a ideia de ter uma linha de veículos importados aqui, mas os custos proibitivos e a falta de preparo da rede acabavam sempre postergando esse sonho. Agora, pelo que tudo indica, essa ideia tomará forma.

O presidente das operações internacionais da GM, Tim Lee, revelou hoje que a montadora passará a importar o esportivo Camaro para o Brasil a partir de 2011. O projeto é exibi-lo no Salão do Automóvel - desta vez o carro de verdade e não uma maquete - e depois lançá-lo no país.

Embora ainda não saibam dizer qual versão seria importada - há o V6 e o V8 além da versões preparadas -, a GM sabe que o volume será baixo, primeiro porque o carro virá do Canadá pagando altos impostos e segundo por causa da pequena demanda.

Servirá mesmo com um veículo de imagem, para mostrar ao público produtos mais atraentes da marca. Com isso, prevê-se para 2011 o embate entre o Camaro e o Mustang, seu maior rival, e que também passará a ser importado de maneira oficial este ano.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/