Mais uma vez o mercado de carros da Argentina saiu na frente do brasileiro. A Chevrolet lançou nesta semana no país vizinho a terceira geração do Spark, compacto criado pela divisão coreana da GM e que já é vendido desde 2010 em diferentes partes do mundo, incluindo Europa e Estados Unidos. O modelo à venda por lá é importado da Coreia da Sul, mas o veículo também montado na Itália, Índia e Uzbequistão.

Segundo a GM Argetina, o preço sugerido para o Spark, disponível apenas na versão LT, é de 70.000 pesos, o equivalente a R$ 29.000. Nessa configuração o carro traz rodas de liga leve aro 14”, luzes de neblina, ar-condicionado, direção assistida, vidros e travas elétricas, equipamento de som com porta USB, além de freios ABS e airbag duplo frontal.

O motor do Spark para o mercado argentino é o 1.2 litros 16V a gasolina de 81 cv a 6.400 rpm. Já o câmbio é manual de 5 marchas. E quando ele chega ao Brasil? O compacto de última geração da GM está fora dos planos da divisão brasileira da marca. Por aqui, o modelo poderia substituir a linha Celta, mas para esse caso a montadora já prepara o projeto Ônix, que dará origem a um carro ainda inédito em 2014.

Thiago Vinholes

|