A chinesa Geely anunciou nesta sexta-feira (21) um passo interessante rumo a mesma direção que muitas empresas de tecnologia, como o Google e a Apple, também caminham. Ampara pelo design e a engenharia da Volvo, fabricante da qual é proprietária, a chinesa Geely revelou ao mundo sua mais nova investida empresarial, a marca LYNK & CO.

O primeiro modelo da LYNK & CO será um utilitário esportivo chamado apenas de 01. Em breve, adianta a empresa, ele será seguido pelos modelos 02 e 03. Sem das muitos detalhes técnicos, a LYNK & CO adianta apenas que eles terão opção de câmbio manual ou uma nova caixa de 7 marchas com dupla embreagem. Todas as opções de motor serão eletrificados, ou seja, híbridos e um dos motes da nova empresa é oferecer o máximo em eficiência. Os carros da LYNK & CO utilizarão a plataforma modular CMA (Compact Modular Architecture), que também será usada nos futuros modelos compactos de Volvo e Geely.

Mas o grande diferencial da LYNK & CO está não só no produto em si, mas em tudo o que ele vai oferecer do ponto de vista de tecnologia e até mesmo a comercialização dos veículos. Em uma atitude similar à da norte-americana Tesla, os executivos da LYNK & CO também questionam a grande dependência das fabricantes tradicionais de uma rede de concessionárias para comercializar seus carros. Pensando nisso, a LYNK & CO irá comercializar seus carros somente de forma online ou em lojas estratégicas de propriedade da própria fabricante. Os carros serão entregues após a aquisição ou retirados para manutenção diretamente na casa do proprietário. A nova marca também anuncia que oferecerá várias formas para a compra do carro, partindo desde a compra a vista tradicional, leasing e até mesmo um formato de compra coletiva do bem.

Segundo a LYNK & CO, o formato tradicional de distribuição dos automóveis pelas revendas representa cerca de 25% do que pagamos em um carro, logo a empresa espera que seu novo sistema de vendas mais eficiente ajude até a baratear os carros da marca. Os produtos da LYNK & CO, contudo, prometem ser enquadrados na categoria “premium”. A ideia, segundo o Alain Visser, vice-presidente da empresa, “é oferecer carros com o estado-da-arte em termos de tecnologia com os preços mais acessíveis”.

Além do sistema de distribuição inovador, os carros da LYNK & CO serão convebidos para oferecer o máximo em conectividade a um ponto não oferecido por nenhuma marca ou modelo até então. No centro do console central os modelos oferecerão uma generosa central de multimídia e telemática com tela sensível ao toque. O equipamento estará sempre conectado à internet e a um serviço de armazenamento em nuvem. Dessa forma, explica a LYNK, será possível oferecer “aplicações e serviços inovadores aos clientes”. A marca só não exemplifica quais tipo de serviços serão esses.

O projeto de desenvolver a LYNK & CO por parte da Geely contou com a ajuda de gigantes da tecnologia, como a Microsoft, Alibaba e Ericsson. O LYNK & CO 01 começará a ser vendido na China a partir de 2017, chegando na Europa e EUA logo depois.

 
 
LYNK
 
LYNK
LYNK
LYNK
 
LYNK
LYNK
LYNK
 
LYNK
LYNK
LYNK
 
LYNK
LYNK
LYNK
 
LYNK
LYNK
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |