Sem um SUV compacto genuíno na linha, a Citroën já havia aproveitado o formato retangular da minivan C3 Picasso para criar uma versão aventureira, batizado de Aircross. Agora, na primeira atualização visual do modelo no Brasil, a marca francesa decidiu focar ainda mais nesse segmento off-road, o único que cresce no país em 2015.

O novo Aircross recebeu uma releitura de estilo toda desenvolvida no Brasil e que enfatizou os detalhes de SUV e deixou o carro bem mais atraente. O modelo também ganhou um interior melhorado, com foco no estilo ‘squarcle’, junção de quadrados com círculos e já explorado anteriormente pela Fiat no novo Uno.

A novidade, no entanto, é que agora o Aircross passa a ter estepe externo ou interno. A Citroën optou por ‘matar’ o C3 Picasso original, que vendia muito pouco no mercado e, em vez disso, passará a oferecer um Aircross com estepe interno e preços mais em conta.

Conectividade e novidades mecânicas

 
 
Citroën Aircross 2016 Citroën Aircross 2016
Citroën Aircross 2016 Citroën Aircross 2016
Citroën Aircross 2016 Citroën Aircross 2016
Citroën Aircross 2016 Citroën Aircross 2016
Citroën Aircross 2016 Citroën Aircross 2016
Citroën Aircross 2016 Citroën Aircross 2016
Citroën Aircross 2016 Citroën Aircross 2016
Citroën Aircross 2016 Citroën Aircross 2016
 
 

O novo Aircross passou pelo mesmo processo de atualização de outros veículos do grupo PSA (Peugeot e Citroên). Isso inclui uma revisão da suspensão, para ser mais confortável, motores que dispensam o tanquinho de gasolina, e câmbios com mudanças na relação. Por dentro, além do visual, o Aircross ganhou uma central multimídia que fala com o CarPlay, da Apple, e o MirrorLink, sistemas que espelham os principais smartphones do mercado.

Os preços, segundo a empresa, são os mesmos praticados desde janeiro, mas que agora contam com novas versões mais em conta. O Aircross mais barato, por exemplo, com câmbio manual, motor 1.5 flex e estepe interno, custa R$ 49.990. Já o mais equipado sai por R$ 69.290 com transmissão automática e motor 1.6, além, é claro, do estepe preso à tampa do porta-malas, como no original.

Com isso, a Citroën quer brigar pelos clientes dos chamados aventureiros de entrada, hoje HB20X, por exemplo, e evitar contato com os novos SUVs compactos como o HR-V, Renegade e até mesmo o primo 2008. Pode ser uma boa saída para a marca, que tem vendido muito pouco no Brasil.

Confira as versões e preços do Citroën Aircross 2016:

Citroën Aircross 1.5 Start manual - R$ 49.990
Citroën Aircross 1.5 Live manual - R$ 53.990
Citroën Aircross 1.6 Live automático - R$ 58.990
Citroën Aircross 1.6 Feel manual - R4 58.990
Citroën Aircross 1.6 Feel automático - R$ 63.290
Citroën Aircross 1.6 Shine automático - R$ 69.290

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |