A Citroën revelou na última semana o novo Cactus M, que será uma de suas estrelas no Salão de Frankfurt, marcado para acontecer a partir do dia 15 de setembro. Trata-se de uma versão conversível do crossover compacto C4 Cactus, que dispõe ainda de uma espécie de extensão na parte traseira da carroceria para levar pranchas de surfe e wakeboards.

A concepção do novo Citroën Cactus M concept é a mesma do antigo Méhari, produzido pela empresa francesa na década de 1960 e teve mais de 145 mil unidades emplacadas, que tinha esta mesma filosofia de veículo que “passa em qualquer lugar”. Além disso, o modelo dispõe de portas de plástico, que trazem leveza e contam ainda com revestimento em TPU, que também cobre as proteções nos para-choques, para resistir aos choques e arranhões, além de água salgada e areia.

No interior, o Cactus M concept segue praticamente a mesma linha do C4 Cactus convencional, mas com direito a bancos em tecido de neoprene, que são à prova d’água, com decoração diferenciada. A cabine utiliza ainda materiais especiais para atividades ao ar livre, que podem ser lavados e trazem até cavidades no assoalho para escoar a água. O teto do modelo é inflável e pode ser retirado para ser usado como barraca em acampamentos.

 
 
Citroën C4 Cactus M concept Citroën C4 Cactus M concept
Citroën C4 Cactus M concept Citroën C4 Cactus M concept
Citroën C4 Cactus M concept Citroën C4 Cactus M concept
Citroën C4 Cactus M concept Citroën C4 Cactus M concept
Citroën C4 Cactus M concept Citroën C4 Cactus M concept
Citroën C4 Cactus M concept Citroën C4 Cactus M concept
Citroën C4 Cactus M concept Citroën C4 Cactus M concept
Citroën C4 Cactus M concept Citroën C4 Cactus M concept
Citroën C4 Cactus M concept Citroën C4 Cactus M concept
 
 

O motor que equipa o protótipo é o PureTech 110, com câmbio automático de seis marchas. O conjunto dispõe ainda do sistema Grip Control, que garante aderência mesmo em situações mais difíceis.

Ao que tudo indica, a Citroën não deve produzir o Cactus M em série. 

Redação

Redação |