Desde que o Classe A ainda era uma pacata minivan que se fala de uma possível variante com “sangue quente” AMG, a divisão esportiva da Mercedes-Benz. Agora que virou um hatchback, pretensões esportivas não faltam ao modelo, que ainda é um conceito. A versão de produção é esperada para 2012, primeiro na versão “mansa”. Já a tão esperada versão radical, segundo o website inglês AutoCar, chega também no próximo ano para enfrentar os modelos BMW Série 1 M e Audi RS3 no novo segmento dos compactos com mais de 300 cv.

E o Classe A AMG, ou “A25 AMG”, como antecipa a publicação, terá soluções mecânicas parecidas com as de seus rivais conterrâneos, como motor turbinado e câmbio com dupla embreagem. Pela suposta sigla que deve nomear o carro, a fonte reporta que o propulsor pode ser um 2.0 turbo com sistema de injeção direta de combustível. Já a potência deverá ficar em torno dos 320 cv a 350 cv, ficando na média dos modelos da Audi e BMW.

Além dos recursos esportivos, o modelo também terá sistema Stop/Start para poupar combustível. O equipamento desliga o motor automaticamente quando o carro se encontra parada, como em situações de trânsito pesado ou semáforos, e volta a liga-lo assim que o pedal do freio é aliviado. A Mercedes-Benz, porém, ainda não comenta o assunto.

Thiago Vinholes

|