Se os R$ 2.500.000 estampados na etiqueta da Ferrari 599 GTB Fiorano parecem absurdos, que tal R$ 450.000 por um livro da marca? Pois esse é o preço cobrado pelo The Official Ferrari Opus, que conta toda história da fabricante italiana, dentro e fora as pistas.

Considerado o livro mais exclusivo do mundo, a publicação tem várias edições. A mais cara, cujo preço oficial é US$ 275.000, leva o nome do fundador da Ferrari. A “Enzo Diamante” traz 30 diamantes adornando o símbolo da marca na capa e é limitada a 400 cópias numeradas, todas elas assinadas pessoalmente por todos os campeões vivos da escuderia. De quebra, os compradores dessa edição participarão do sorteio de uma réplica do carro de Fórmula 1 guiado por Michael Schumacher. A cópia número 1 será leiloada, e o valor será destinado à caridade.

Um pouco mais em conta é a edição “Cavallino Rampante”, por US$ 7.500 (R$ 12.230). Limitada a 500 unidades, traz o autógrafo de pilotos do passado e do presente, não necessariamente campeões. Já a mais barata, ‘Classic”, sai por US$ 4.100 (R$ 6.690) e tem disponíveis 4.100 cópias. As únicas assinaturas são as de Fernando Alonso e Felipe Massa, atuais pilotos da escuderia italiana.

Todas as edições são compostas por 852 páginas, que trazem 2.000 fotos e 200.000 palavras apresentando todos os modelos da Ferrari – bólidos ou carros de rua – e um resumo de todos os pilotos profissionais desde 1947. Para proteger o livro, há uma capa de fibra de carbono, no valor de $37.500 (R$ 61.160).

Rodrigo Mora

|