O sonho de Ron Dennis sempre foi de conhecimento geral no meio automotivo. O chefão da equipe McLaren almeja repetir o sucesso que Enzo Ferrari teve tanto nas pistas quanto nas ruas – para o britânico falta ainda esse último ambiente.

E, pela terceira vez, a empresa por trás do time da Fórmula 1 tenta emplacar um esportivo no concorrido e restrito mercado da alta performance. Não que falte capacidade técnica ou dinheiro, mas os dois primeiros carros deixaram a desejar no quesito comercial – o McLaren F1 foi um feito da engenharia e virou clássico quase imediatamente. Já o SLR McLaren tinha mais chances devido à parceria com a Mercedes-Benz, mas também fracassou nas vendas a ponto de a montadora alemã lançar o seu próprio sucessor, o SLS, curiosamente, mostrado nesta semana também.

O novo candidato chama-se MP4-12C, mesma sigla usada nos bólidos da F1, tem design limpo, bom motor e um ar despojado. O modelo foi revelado hoje, mas só será vendido em 2011.

Esportivo funcional

Surpreendentemente, o novo McLaren é até discreto demais se comparado aos ousados esportivos atuais. Resultado de um projeto extremamente racional, o MP4-12C é antes de tudo um carro funcional. De acordo com seu designer, Frank Stephenson, “tudo os detalhes aerodinâmicos têm uma razão de ser”, ou seja, o esportivo britânico não se rende ao marketing visual.

O interior causa espanto, tamanha a simplicidade. Nada de comandos nos volantes, exceto os paddle-shifts. Velocímetro é digital, mas o único mostrador analógico é o conta-giros, ladeado pelas informações sobre marchas e modo de troca do câmbio de dupla embreagem. Dois mostradores digitais fornecem dados secundários do funcionamento do carro. Ar-condicionado está instalado na porta esquerda e a tela multifuncional, que concentra o sistema de entretenimento e navegação, está sozinha no console central. Segundo a McLaren, “98% dos adultos poderão dirigir o MP4-12C com conforto” graças aos vários ajustes possíveis.

Performance secreta

Embora tenha divulgado as primeiras informações do modelo, a McLaren não liberou os dados mais importantes num esportivo – velocidade máxima e aceleração. Pelas características do MP4-12C, no entanto, é de se prever que ele ultrapasse com facilidade 310 km/h e que acelere de 0 a 100 km/h em menos de 4 segundos.

O novo McLaren usa um motor V8 de 3.8 litros twin turbo, com cerca de 600 cv e 60 kgfm de torque. Como é de praxe, sua estrutura é toda em fibra de carbono, para redução de peso, e sua suspensão usa a geometria de duplo A, conhecida de carros de competição. Não faltam, claro, os inúmeros sistemas eletrônicos de auxílio a direção como ABS, EBD, ESP, ASR, entre outros.
A McLaren acredita que o MP4-12C terá suas vendas divididas entre o Reino Unido, os  Estados Unidos e o resto do mundo, sobretudo a Alemanha, terra da agora “adversária” Mercedes-Benz.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |

Veja mais notícias da marca