A introdução dos carros elétricos depende não só do avanço tecnológico como também na mudança de rotina dos motoristas. Esse tipo de carro terá de ser recarregado, tarefa que poderá ser feita por intermédio de tomadas elétricas residenciais, por exemplo. O problema, no entanto, é o longo tempo para completar a recarga, que pode levar mais de 8 horas. Pensando em solucionar justamente esse ponto, a Kia Motors afirma ter desenvolvido um sistema que repõe até 80% das baterias em apenas 25 minutos. O item é um dos destaques do conceito Naimo, modelo apresentado nesta quinta-feira (31) no Salão de Seul, na Coreia do Sul.

De acordo com a marca, o motor elétrico do Naimo gera até 80 kW (cerca de 109 cavalos de potência) e bons 28,5 kgfm de torque. Já as baterias são de íon lítio e vão instaladas abaixo do porta-malas do protótipo, localizado na parte traseira. A Kia ainda diz que o carro pode percorrer até 200 km com carga total e tem velocidade máxima limitada em 150 km/h.

O visual do conceito é mais uma obra do alemão Peter Schreyer, chefe de design da Kia e que já desenhou uma série de automóveis para a Audi nos anos 1990 e que atualmente está reformulando toda linha da fabricante coreana. O veículo tem formas arrojadas, quando não até assimétricas, como o teto repartido em formatos variados. Porém, não há detalhes da nova identidade visual da marca no Naimo, como o nariz de tigre na grade frontal. A montadora ainda afirma que o conjunto óptico frontal e traseiro é composto por leds e as chamativas rodas cromadas são aro 20”.

A cabine, por outro lado, é mais simples, apesar do arrojo nas formas. Painel de instrumentos e comandos de funções diversas do carro são inteiramente digitais e com acionamento touch screen. Apesar da tecnologia embarcada, o carro tem detalhes de acabamento um tanto retrô, como o revestimento imitando madeira nas portas e no assoalho.

Thiago Vinholes

|