Você certamente já se deparou com essa situação: rodando por um quarteirão à procura de uma vaga, encontra um espaço apertado entre dois veículos e descobre tarde demais que ele não serve para seu carro por causa de alguns centímetros ou, pior, porque um dos vizinhos de vaga resolveu deixar um espaço extra logo atrás.

Com cada vez mais carros nas ruas brasileiras, os espaços para estacionar têm se tornado um dilema no dia a dia. Seja no prédio onde você mora ou onde trabalha, no supermercado, shopping, sem falar nas cada vez mais raras vagas na rua.

Na outra ponta do problema estão os novos modelos, que cresceram para acomodar famílias maiores ou, então, porque muita gente tem comprado os SUVs grandalhões, que ao menos são um transtorno nessas horas.

Veja também: Os 10 carros com menor comprimento do Brasil

“E se minha prioridade é ter um automóvel pequeno e prático?”, alguém pode se perguntar. Foi com essa dúvida na cabeça que AUTOO analisou o mercado brasileiro em busca dos menores modelos à venda, independentemente de categoria e preço. A boa notícia é que eles existem em bom número, mas cobram por suas dimensões reduzidas, seja na falta de versatilidade, conforto ou sofisticação.

 
 
Chery Face Chery Face
Effa Motors M100 Effa Motors M100
Fiat 500 Lounge Air Fiat 500 Lounge Air
Kia Picanto 2012 Kia Picanto 2012
Chery QQ Chery QQ
Chery QQ 2012 Chery QQ 2012
Chevrolet Celta Chevrolet Celta
Apesar de ter apenas 3,5 m de comprimento, espaço para pernas é bom Apesar de ter apenas 3,5 m de comprimento, espaço para pernas é bom
Smart ForTwo: fácil de estacionar Smart ForTwo: fácil de estacionar
O up! tem opções de rodas aro 13 O up! tem opções de rodas aro 13
Geely GC2 Geely GC2
 
 

A lista, atualizada no final de 2014, perdeu dois modelos, o chinês S18, da Chery, e o Uno Mille, o veterano popular da Fiat, que não se adequou à legislação que exige airbag e ABS. Em compensação, o mercado ganhou duas novas opções, o também chinês Geely GC2 e o Vokswagen up!. Ainda assim, o ForTwo, da Smart, continua a ser o menor carro à venda no Brasil.

Para chegar ao nosso veredicto, utilizamos uma regra simples, a área projetada do veículo, ou seja, multiplicamos o comprimento pela largura para descobrir quanto espaço ele ocupa em média. Os principais compactos do mercado têm em torno de 6,5 m², o que equivale a dois terços do espaço de uma vaga média, que possui em torno de 10,3 m², mas qualquer um sabe que o normal é ter menos que isso por aí. Confira nosso ranking com os 10 menores carros do Brasil.

Chevrolet Celta

O Celta entrou nesse ranking ao bater, quem diria, o Mini Cooper. O inglês, na sua versão original, estaria facilmente entre os dez, mas o novo é um carro bem maior. Já o Chevrolet é um carro relativamente comprido, mas estreito se comparado aos rivais diretos. Se está longe dos menores dessa lista ao menos oferece um porta-malas bom, com 260 litros. A partir de R$ 35.060.

Volkswagen up!

Uma das novidades de 2014, o Volkswagen up! é um compacto de frente curta, mas interior até generoso pela proposta. Bem equipado e com visibilidade privilegiada, o up! é fácil de estacionar, sobretudo se estiver equipado com sensor de estacionamento. Mas é um carro caro pelo tamanho. A partir de R$ 27.730 na versão 2 portas.

Geely GC2

Marca pouco conhecida no Brasil, a Geely tem dois produtos à venda, o sedã médio EC7 e o GC2 , um compacto de quatro lugares e visual que lembra um ursinho Panda. O hatch parece menor por fora do que é na realidade, mas o aproveitamento interno não é dos melhores. Em versão única, custa R$R$ 29.900.

Chery Face

O Chery Face é um dos cinco modelos chineses dessa lista. Como se vê, os carros feitos por lá têm se destacado pelas dimensões contidas. Aliás, a Chery tem outros dois modelos nessa lista, como vocês verão. O Face é carro com maior porta-malas desta lista, com 324 litros. Isso é fruto do projeto no estilo “minivan”, em que a altura elevada permite acomodar melhor várias partes do carro e, assim liberar espaço para passageiros e bagagem. A partir de R$ 29.990.

JAC J2

O J2, da JAC, agora é flex e mais potente do que antes. O chinês é o segundo mais curto entre os 10, perdendo apenas para o Smart. Em compensação, o J2 é bastante largo e oferece bom conforto para os ocupantes. O efeito colateral veio no porta-malas que, com 121 litros, é de longe o menor deles. A partir de R$ 31.990.

Fiat 500

Não, a lista não traz apenas carros baratos. O 500, da Fiat, é o 7º menor do ranking, embora seja bem maior que seu modelo de inspiração, assim como o Mini. É bom ressaltar que o 500 é um carro muito bom de dirigir, sem dúvida, o melhor desta lista, mas o pouco espaço no banco traseiro e as duas portas apenas não são recomendados para mais que dois passageiros. A partir de R$47.390.

Kia Picanto

Outro bom carro que é mais caprichado no acabamento e nos equipamentos, sem falar no visual, o Kia Picanto consegue ser menor que o 500 mas mantendo as 4 portas e mais, com um porta-malas respeitável, de 290 litros. Só faltava ser produzido no Brasil para custar menos. A partir de R$ 42.900.

Effa M100

A boa notícia sobre o M100, da Effa, é que ele usa a mesma estratégia do Face, o visual de minivan. Com isso, além de ocupar pouco espaço, ele ainda consegue ser generoso internamente  - o porta-malas tem 320 litros, por exemplo. O problema é que o modelo tem se mostrado temeroso ao dirigir. Quando avaliamos o Effa, a sensação era que o veículo fosse se desfazer com tantas peças mal montadas. A partir de R$ 24.980.

Chery QQ


O quinto chinês da lista é o Chery QQ, que foi o 2º colocado na lista, porém, o primeiro com mais de dois lugares, o que é uma façanha. Aliás, o QQ pode levar 5 pessoas a bordo na teoria apenas. Com menos de 1,5 metro de largura isso só vale para três faquires atrás. O QQ é um carro prático e econômico na cidade, mas a construção deixou a desejar .Deve ganhar nova geração em 2015, maior, mais moderna e cara. Por enquanto, é o carro mais barato do país, por R$ 19.990.

Smart ForTwo

Não dá nem para fingir surpresa com a 1ª colocação desse ranking, Sim, o Smart ForTwo é o menor carro vendido no Brasil, com margem. Para se ter ideia, ele ocupa menos da metade do espaço que um Fusion precisa. Numa vaga onde caberia uma picape RAM é possível colocar qause três Smart. O carrinho francês tem ainda outro mérito, o de manobrar em espaços pequenos. Mas há um preço a cobrar. Pouco espaço até para dois, um certo ruído incômodo do motor, que vai atrás, como um Fusca, e um ambiente simples para um carro com preço tão alto. A partir de R$ 69.600.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |