Por essa ninguém esperava. Cuba, que ainda depende de veículos dos anos 1950 para movimentar sua economia, estuda a utilização de carros movidos a hidrogênio como alternativa. Quem deu a notícia foi Tania Carbonel Morales, diretora do Centro de Estudos de Energia Renovável (CETAR) do país, durante conferência sobre ecologia na ilha.

Thiago Vinholes

|