Seguindo o cronograma com a tradicional pontualidade britânica, a Jaguar revelou nesta quinta-feira (13) o inédito E-Pace, modelo que chega à gama da fabricante britânica com a ideia de repetir o mesmo sucesso do primo maior F-Pace, modelo que lidera as vendas da Jaguar em vários mercados ao redor do mundo incluindo o Brasil. O F-Pace, aliás, é o modelo que se mais se destaca na história da Jaguar pela rapidez com que suas vendas decolaram desde abril de 2016 ao redor do mundo, com 80.000 unidades emplacadas em pouco mais de um ano. 

Para oferecer um SUV mais compacto, a Jaguar pegou emprestada a plataforma do Range Rover Evoque e deu vida ao E-Pace, que é cerca de 30 cm menor no comprimento em relação ao F-Pace e cerca de 2 cm maior que o Evoque.

Na estreia mundial realizada em Londres, com direito a recorde mundial do maior espiral já realizado por um veículo de produção (confira no vídeo abaixo), a Jaguar fez questão de destacar dois atributos que permearam o projeto do E-Pace. O primeiro deles é a conectividade, sendo que o crossover sairá de fábrica com um ponto de acesso à internet via Wi-Fi capaz de suportar até 8 dispositivos. Além disso, cada passageiro conta com uma porta USB ao alcance das mãos para carregar seu smartphone ou tablet, além da possibilidade de utilizar uma das quatro tomadas 12V distribuídas ao longo da cabine. A central multimídia traz uma ampla tela de 10” que mostra a vocação do E-Pace para agradar quem precisa estar sempre conectado. 

O segundo ponto que foi amplamente difundido pela Jaguar é o conjunto de suspensão traseira bem compacto, que permite ao E-Pace acomodar com conforto 5 adultos e oferecer um “amplo porta-malas, que comporta sem dificuldades carrinhos de bebê, malas de grande porte ou mesmo conjuntos de tacos de golfe”, nas palavras da marca. Resta saber, quando tivermos o primeiro contato com o modelo, se tudo isso se confirma na prática.

Dentre as opções de motores, o E-Pace será beneficiado pela nova linha de propulsores Ingenium, com destaque para o 2.0 turbo a gasolina oferecido com calibrações de 250 cv e 300 cv. Na mais potente, o E-Pace consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 6,4 segundos e atingir 243 km/h de velocidade máxima. O câmbio será o automático de 9 marchas e todas as versões do E-Pace serão equipadas com tração integral. O sistema Active Driveline, porém, permite controlar em até 300 milissegundos a distribuição do torque entre os eixos, variando desde a tração traseira em situações de alta performance privilegiando o comportamento dinâmico esportivo ou até repartindo a força entre os eixos dianteiro e traseiro.

No campo da eletrônica embarcada e tecnologia a bordo o E-Pace também conta com um pacote de ponta. Dentre os destaques figura um sistema semiautônomo de condução off-road que controla automaticamente a aceleração e frenagem em pisos de baixa aderência sem a intervenção do motorista. O E-Pace também está equipado com a mais recente geração do head-up display, com projeção a laser e área 66% maior em relação aos sistemas usados até então.

O E-Pace também conta com sistemas como o Configurable Dynamics, que permite ao motorista realizar configurações individuais de aceleração, trocas de marcha e respostas aos comandos de direção. Já o opcional Adaptive Dynamics conta com diversos sensores que monitoram o comportamento do veículo cruzando informações como velocidade, movimentos da carroceria e das rodas, especialmente em situação de curva, comportamento da suspensão e, com isso, configura automaticamente os amortecedores e o sistema de suspensão como um todo com o objetivo de entregar o melhor comportamento dinâmico possível à disposição do motorista.

Também completam o pacote de tecnologia do E-Pace recursos como o leitor de placas de sinalização, alerta de trânsito lento a frente do veículo, dentre outros. Além do Adaptive Dynamics, o E-Pace poderá ser equipado com painel de instrumentos digital de 12,3” e dois sistemas de som projetados pela Meridian com o que há de mais sofisticado na área. 

Com a introdução de produtos recentes de boa aceitação no mercado, como o F-Pace e o sedã XE, a Jaguar vive um excelente momento. Em seu mais recente ano fiscal a marca inglesa registrou um crescimento de 83%, atingindo 172.000 unidades comercializadas ao redor do mundo. 

Ainda não existe previsão de chegada do E-Pace ao Brasil, porém podemos esperar o modelo por aqui somente a partir do próximo ano. Considerando que o F-Pace atualmente conta com preços entre R$ 300.000 e R$ 400.000, é possível que as versões mais acessíveis do E-Pace atuem em uma faixa abaixo desses valores. Com certeza ele tem tudo para ser um modelo tão bem aceito quanto o F-Pace onde quer que coloque suas rodas. 

 
 
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
Jaguar E-Pace 2018
Jaguar E-Pace 2018
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/