Com os métodos atuais é difícil saber se um carro foi submetido a um recall anunciado no passado, o que pode causar problemas no futuro com a integridade do produto e dificuldades na hora da revenda. Para facilitar esse processo, o Denatran criou uma central de registro de chamados de revisão, onde o consumidor poderá fazer consultas pela internet sobre cada veículo mediante o número do chassi. O sistema também informará sobre todas as campanhas.

Segundo o órgão, os chamados de recall que não forem atendidos pelos proprietários constarão no Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), emitido todos os anos durante a renovação da documentação do veículo. Entretanto, atender a convocação não é obrigatório, mas a pendência será apontada no site do Denatran, que estreia a nova ferramente no dia 17 de março.

O lançamento do sistema será mais um meio de informação para o consumidor, além de também incentivar o comparecimento nas campanhas. Com a nova regra, as montadoras terão até 60 dias para repassar ao Denatran dados sobre todos os carros convocados para recalls para a criação do banco de dados para consultas.

Thiago Vinholes

|