Há 24 anos carregando o título de carro mais vendido do Brasil, o Gol terá trabalho para manter o posto neste ano. O hatch fechou janeiro com relativa distância sobre o Uno, mas foi desbancado em fevereiro – 20.989 emplacamentos a seu favor, contra 21.470 do rival da Fiat, segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). A diferença em março continua apertada, mas agora com o Gol retomando a vantagem: 24.494 vendas contra 23.137, uma distância de 1.357 unidades entre os compactos mais vendidos.

A ameaça do Uno reflete a oferta de cada um: enquanto o Fiat se oferece em 14 opções (4 do Mille e 10 do novo Uno), o Volkswagen tem 10 versões disponíveis. Outra vantagem do Uno é a carroceria duas portas, há tempos prometida para o Gol, mas que até agora não saiu do forno. O Gol mais em conta (G4) sai por R$ 28.180, enquanto o Mille parte de R$ 23.220.

Rodrigo Mora

|