Na contramão do mercado, que investe cada vez mais em crossovers, modelos que misturam estilos e usam carrocerias monobloco (mais simples e baratas de produzir), a Toyota relançou o utilitário esportivo SW4, irmão da picape Hilux, cuja nova geração chegou ao Brasil no final do ano passado e com quem compartilha uma estrutura que une um chassi separado da carroceria como os dos primeiros SUVs.

Desta vez, no entato, o SW4 se descolou um pouco mais da irmã. Ele ganhou um desing específico, que investe em mais refinamento, justamente para reforçar o trabalho feito pela Toyota em tornar o veículo mais confortável e sofisticado.

Sinal disso é que a marca japonesa só venderá, a princípio, a versão SRX em três opções: equipada com motor a gasolina V6 de 238 cv (7 assentos), utilizando o motor 2.8 GDI da Hilux (177 cv) em duas configurações de assentos, com 5 e 7 lugares – todas elas trazem tração 4x4 de série e transmissão automática.

Preço nas alturas

Assim como ocorreu com a rival Traiblazer, da Chevrolet, os preços atingiram um patamar inédito: todas as três versões custam mais que R$ 200 mil (veja preços no final do texto). Com isso, o novo SW4 custará tanto quanto um Land Rover Evoque ou um Discovery Sport, por exemplo. As boas vendas da geração anterior devem contribuir para a confiança da Toyota, que inicia as vendas nesta quinta-feira (18) em sua rede.

Importado da Argentina, o SW4 tem os seguintes preços:

SW4 4x4 SRX V6 4.0 gasolina automático – R$ 205.000
SW4 4x4 SRX 2.8 turbodiesel automático (5 lugares) – R$ 220.000
SW4 4x4 SRX 2.8 turbodiesel automático (7 lugares) – R$ 225.000

Veja a avaliação do AUTOO nos próximos dias.

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |