O ano de 2016 não está fácil para o Citroën C4 Lounge. Ao longo dos sete primeiros meses deste ano o sedã médio da Citroën vendeu, em média, 360 unidades. Na outra ponta do segmento, o líder isolado Toyota Corolla supera, com folga, os 5.000 emplacamentos/mês.

O segmento está aquecido, ainda mais com a chegada das novas gerações de Honda Civic e Chevrolet Cruze, mas a Citroën não quer deixar a peteca cair. Aproveitando a nova onda dos turbos, a marca francesa tomou uma decisão correta em sua estratégia: deu adeus ao motor 2.0 aspirado e agora toda a gama só conta com o 1.6 THP sob o capô. Com turbo e injeção direta, o eficiente motor encara de frente os rivais recém-lançados e dá mais fôlego ao Citroën, em especial na interessante versão manual 6 marchas.

Como já mostramos aqui no AUTOO, o Citroën C4 Lounge ganhou melhorias interessantes na linha 2017, além de abraçar de vez o motor 1.6 turbo. Na opção automática, a função Eco Drive para o câmbio promete ajudar na economia, bem como o Volt Control, que fica em cima do funcionamento do alternador para que ele atue somente da melhor forma possível, poupando alguns litros de combustível no tanque do C4 Lounge.

Na lista de preços, o Citroën C4 Lounge é bem competitivo. Sua versão 1.6 THP manual de entrada, por exemplo, é tabelada em R$ 69.990. É quase o mesmo que a Toyota pede pelo Corolla GLi também manual, no caso R$ 68.740, porém ele conta com o motor 1.8 de 144 cv contra os 173 cv que o 1.6 THP do C4 Lounge entrega. Além disso, o Citroën conta com os controles de tração e estabilidade de série, dois recursos de segurança muito importante e que o Corolla sequer sonha em oferecer mesmo na sua versão topo de linha.

Tudo bem que traz bem mais equipamentos de série na décima geração, mas a situação torna-se ainda mais favorável para o C4 Lounge quando levamos em consideração que o novo Civic manual parte de R$ 87.900, uma diferença de R$ 17.910 a favor do Citroën C4 Lounge.

Na outra ponta, no caso a versão mais equipada, o C4 Lounge também não deixa de ser interessante. Com preço sugerido de R$ 91.590, o Citroën conta com teto solar, central multimídia completa, sistema keyless com partida por botão, 6 airbags e rodas de liga leve aro 17”. É um pacote bem robusto, considerando que o Toyota Corolla Altis é bem mais caro (R$ 105.500) para trazer a mais o airbag para joelho e câmera de ré.
Para quem não abre mão de muito conforto, vale destacar que o C4 Lounge pode não ter a suspensão traseira independente como o Honda Civic, porém a Citroën conseguiu um excelente acerto para o modelo. O C4 Lounge tem rodar suave e se destaca pela excelente capacidade de absorver irregularidades do piso, um comportamento condizente com o segmento.

Logo, se você considera um sedã médio em sua próxima compra, o Guru Dos Carros recomenda: vale a pena considerar o C4 Lounge.

 
 
Citroën C4 Lounge 2015
 
Citroën C4 Lounge 2015
Citroën C4 Lounge 2015
Citroën C4 Lounge 2015
 
Citroën C4 Lounge 2015
Citroën C4 Lounge 2015
Citroën C4 Lounge 2017
 
Citroën C4 Lounge 2017
Citroën C4 Lounge 2017
Citroën C4 Lounge 2017
 
Citroën C4 Lounge 2017
Citroën C4 Lounge 2017
Citroën C4 Lounge 2017
 
Citroën C4 Lounge 2017
Citroën C4 Lounge 2017
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |