Essa notícia deixaria felizes centenas de admiradores da estirpe R/T. Afinal, ela só vai estampada nos carros mais potentes da Dodge, a exemplo do lendário Charger R/T, que fez sucesso por aqui nos anos 70. Mas o Journey que a marca começa a vender no Brasil apenas toma emprestado esse sobrenome, já que a versão brasileira mantém o mesmo pacato motor 2.7 litros V6, de 185 cv, acoplado a um câmbio de seis velocidades.

O Journey R/T trazido para o Brasil investe somente em equipamentos. São eles: rodas de liga leve de 19 polegadas, detalhes cromados na carroceria, bancos revestidos em couro, teto solar e sistema de som com Bluetooth Uconnect, comando de voz e alto-falantes com subwoofer. Essa versão mais equipada sai por R$ 107.900, enquanto o Journey STX, ainda em linha, sai por R$ 99.900.

Rodrigo Mora

|