A MINI anunciou durante o Salão de Pequim um sistema muito interessante que estará presente em breve nos seus modelos. Trata-se de um recurso que permitirá que o proprietário alugue seu carro nos períodos em que ele não estiver em uso. O dispositivo realizará não só o controle de pagamento, como também vai rastrear a localização do veículo. A ideia central do projeto é ajudar ao dono do carro gerar uma renda extra com o seu MINI, além de reduzir a quantidade de carros nas ruas.

“Nós queremos ser a Airbnb sobre rodas”, explicou Peter Schwarzenbauer, responsável pela marca MINI, traçando um paralelo com a empresa que permite alugar quartos para viajantes. “Claro que muita gente dirá que dificilmente emprestaria seu carro para um desconhecido, mas outros iriam ficar muito felizes se a tecnologia pudesse ajudar a pagar o financiamento ou os custos com o carro”, acrescenta o executivo.

Atualmente a MINI já testa o recurso e, se a aplicação mostrar-se bem sucedida, ela também poderá ser aplicada nos carros da BMW. A marca alemã, aliás, traçou uma estratégia bem agressiva no que diz respeito ao deslocamento nas cidades. Além do serviço que a MINI está desenvolvendo, a BMW já opera alguns sistemas de car-sharing na Europa e planeja até um serviço de táxi/motorista de luxo seguindo uma tabela fixa de preço. A BMW espera iniciar o serviço em 10 cidades nos EUA em breve.

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo |