Ao mesmo tempo em que a GM anunciava que investirá US$ 1 bilhão no Brasil, jornais divulgavam nesta manhã que a Volkswagen destinará a mesma quantia para ampliar a unidade de Puebla, no México.

O valor será usado para “construir um modelo inédito a partir de março ou abril de 2010”, disse uma fonte da empresa. Pelo curto espaço de tempo para lançar um carro novo, certamente a fábrica mexicana já recebeu esse valor.

Resta saber qual modelo é esse, afinal o que se produz hoje no México é de total interesse para o Brasil graças ao acordo de tarifa zero na importação entre os dois países. A hipótese mais provável é se tratar de um novo Golf, não necessariamente a geração 6, lançada na Europa e que tem custo alto. Talvez um Golf 5 com visual do 6, como a própria Volks fez com a versão perua recentemente.

Segundo um executivo da VW no Brasil confidenciou ao AUTOO no começo do ano, “a marca pode lançar um novo Golf aqui, mas não significa que ele será nacional”.

Outra corrente aposta em um novo sedã médio baseado na plataforma do Golf, mas com design e preço capaz de enfrentar os japoneses. A VW, inclusive, já segue esse raciocínio com um sedã grande inédito que será produzido numa nova fábrica da marca nos Estados Unidos.

Atualmente, a planta de Puebla fabrica o Jetta sedã e perua, o Bora e o New Beetle.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier |