Os últimos encontros entre as nações para discutir a salvação do meio-ambiente – como o Cop15, para citar o mais recente – podem não ter gerado resultados efetivos, mas é inegável que as fabricantes de automóveis estão desenvolvendo modelos menos agressivos ao ecossistema. Até a Cadillac, quem diria, entrou na dança. A montadora norte-americana, braço da General Motors, apresentou no Salão de Detroit o conceito XTS Platinum, o primeiro veículo híbrido da sua história.
 
Sob o capô, o XTS Platinum traz dois propulsores. Um deles, a gasolina, tem seis cilindros em V, 3,6 litros e injeção direta. O outro, elétrico, é abastecido por baterias de íon de lítio, totalmente recarregáveis em até cinco horas. Juntos, somam 350 cavalos de potência e 40,8kgfm de torque. Até cerca de 60km/h, o XTS roda apenas com o motor elétrico – daí em diante, entra em ação o propulsor à combustão.
Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/

Veja mais notícias da marca