As vendas de veículos e comerciais leves cresceram 30,5% em novembro na comparação com o mesmo mês de 2009, ao serem comercializadas 328,5 mil unidades – ante 251,7 mil de novembro do ano passado. Já em relação a outubro, a alta de novembro é de 8,3%, considerando que no décimo mês foram emplacados 303,2 mil carros e comerciais leves.

No acumulado do ano, 2010 é superior a 2009 em 10%: de janeiro a novembro foram 3,134 milhões de vendas, contra 2,848 milhões do mesmo período do ano passado.

A Fiat se mantém na liderança com 70.095 unidades vendidas no mês passado, que significa uma evolução de 11,4% ante outubro. A VW, que tem no Gol o carro mais vendidos do País, fica em segundo lugar, com 67.745 emplacamentos (alta de 10,4%), enquanto a GM cresceu 6,1% ao vender 59.343 carros e comerciais leves. A Ford permanece na quarta posição, com 31.462 vendas, uma alta de 6,7% sobre outubro. Quanto à recente medida do governo, que diminuiu a oferta de crédito para financiamentos, o presidente da Anfavea, Cledorvino Belini, disse que as novas regras não afetarão o desempenho das vendas em 2011, que mantém previsões superiores à de 2010.

Rodrigo Mora

|