A enxurrada de lançamentos apresentada no Salão do Automóvel vai se aproximando dos consumidores. De hoje até a próxima sexta, nada menos que três modelos serão lançados oficialmente a jornalistas, ao mesmo tempo em que as fábricas começam a faturar para os concessionários as primeiras unidades das novidades. E vale lembrar que estamos apenas a pouco mais de um mês do final do ano – não seria surpresa alguma marca apresentar um novo produto até 2010 acabar.

Ford Fusion Hybrid: trata-se da primeira investida da Ford, no Brasil, em carros híbridos. O Fusion mais politicamente correto usa um bloco a combustão de 2.5 litros associado a um propulsor elétrico, que juntos somam 191 cv. Segundo a marca, o sedã alcança 17,4 km/l de consumo médio, contra 9,2 km/l do modelo convencional. O problema é o preço: R$ 133.900, valor que obrigaria o dono do Fusion Hybrid a rodar 20 anos para pagá-lo. AUTOO traz ainda hoje mais informações do modelo, além das primeiras impressões, que você acompanha aqui amanhã.

Chevrolet Camaro: a Chevrolet reviverá o lendário esportivo por aqui em sua versão topo de linha, com motor V8 de 406 cv. Custando R$ 185.000, o cupê agora terá a chancela da General Motors do Brasil, podendo assim contar com a assistência técnica da empresa – as unidades importadas até hoje eram trazidas de maneira independente, o que limita os benefícios do pós-venda. Na próxima quarta-feira (24), AUTOO terá as primeiras impressões do Camaro e tentará explicar porque a marca trouxe o esportivo com câmbio automático de seis marchas, e não manual.

Fiat Bravo: a novidade do Camaro nem esfriou e a Fiat já apresenta o Bravo, hatch médio que promete dar trabalho a Hyundai i30 e Ford Focus. Sem preço divulgado, é sabido sobre o Bravo apenas que ele virá em três versões. Traremos mais novidades a respeito do modelo fabricado em Betim (MG) nos dias 24 e 25.

Rodrigo Mora

|