Talvez a imagem do Prius não seja tão arranhada, mas a Toyota acumula em seu currículo mais algumas centenas de unidades convocadas para recall. O problema agora está na bomba de refrigeração do sistema híbrido, que pode causar superaquecimento e perda de potência do motor. A avaria envolve unidades produzidas entre 2004 e 2007.

De acordo com a Toyota, nenhum acidente foi registrado em decorrência do atual defeito. Este é o segundo recall sofrido pelo Prius neste ano. O primeiro, ocorrido em fevereiro, envolvia 437.000 unidades, que poderiam apresentar ineficiência dos freios.

Rodrigo Mora

|