Poucos dias depois de lançar o novo Celer, seu primeiro carro nacional, a Chery anunciou nesta quarta-feira, 22, a chegada do New QQ, nova geração do modelo de entrada da montadora no País. O modelo, ainda importado da China, já está sendo oferecido nas concessionárias em duas versões de acabamento: Look, de entrada, e Act, topo de linha - ele, no entanto, começará a ser produzido na fábrica da marca em Jacareí (SP) no final deste ano.

O Chery New QQ Look tem preço sugerido de R$ 31.990 e vem equipado de série com airbag duplo, freios ABS com EBD, ar-condicionado, direção hidráulica, vidros dianteiros com acionamento elétrico e som AM/FM com entrada USB. Já o New QQ Act, por R$ 33.990, agrega rodas de liga-leve de 14 polegadas, sensor de estacionamento traseiro, faróis com ajuste elétrico, vidros elétricos traseiros, retrovisores com ajuste elétrico, rádio com MP3 e CD Player e alarme antifurto.

Ambas as versões são equipadas com o motor 1.0 litros de três cilindros Acteco, com bloco de alumínio e cabeçote com 12 válvulas, alimentado por um sistema de injeção direta de gasolina, capaz de render 69 cavalos de potência. Junto a ele está a transmissão manual de cinco marchas.

Em relação ao modelo anterior, o New QQ é outro carro. Na parte estética, o compacto da Chery agora recebeu linhas mais acentuadas, como é o caso dos faróis, curvas da estrutura, vincos nas laterais e lanternas. O destaque fica por conta do vidro traseiro, que desempenha também a função de tampa do porta-malas.

Por dentro, o modelo também foi totalmente redesenhado. O painel de instrumentos continua sendo digital, agora com bracklight laranja e iluminação branca, velocímetro digital e display em LED. Os bancos frontais dispõem de ajustes com quatro posições, enquanto os traseiros oferecem rebatimento, podendo aumentar a capacidade do porta-malas para 636 litros. Segundo a marca, há mais de 14 nichos para armazenamentos de objetos.

Outra mudança do New QQ está no isolamento de ruídos. O compacto recebeu manta de isolamento acústico em toda sua estrutura e sistemas a provas de som e absorção de impactos sonoros.

Ex-modelo mais barato do Brasil

O novo QQ é, na prática, o primeiro modelo projetado inteiramente pela Chery. A primeira geração, apesar de negado pela marca, foi uma cópia não autorizada do hatch coreano Daewoo Matiz. De dimensões modestas, o QQ chegou ao Brasil com um preço atraente e pacote completo de itens, porém, com os velhos problemas de acabamento já conhecidos dos carros vindos da China. Num afã para tentar chamar a atenção, a Chery chegou a vendê-lo por menos de R$ 20 mil, o que o tornou o carro mais barato do país. Nem assim o QQ emplacou. Que a nova geração siga um caminho diferente.

 
 
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
Chery New QQ Chery New QQ
 
 
Redação

Redação |