Apesar dos contratempos de sua chegada ao Brasil, a Chery mantém os planos ambiciosos no país. Depois de lançar seu novo modelo nesta quinta-feira, o médio Cielo, a marca chinesa prepara o anúncio da construção da sua fábrica no país.

O investimento é da ordem de US$ 600 milhões e, segundo a revista Exame, já tem a região escolhida, o Vale do Paraíba, no estado de São Paulo. A decisão sobre a cidade ainda está sendo analisada – São José dos Campos, Taubaté e Jacareí são as favoritas.

A região é uma das mais desenvolvidas do país e é referência em tecnologia. GM e Volkswagen têm unidades em São José e Taubaté e a Ford produz motores nesta última cidade também. A outra vantagem é estar a meio caminho dos principais mercados do país - São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

A unidade terá capacidade de fabricar entre 100 mil e 150 mil carros por ano e servirá como base de produção para a América Latina. A Cheru, no entanto, ainda não revelou que modelos planeja produzir no Brasil e nem quando a fábrica estará operacional.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/