A Fiat oficializou nesta terça-feira (14), em evento realizado na cidade de Salgueiro (PE) com a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que terá uma nova fábrica no estado do Pernambuco. A linha de montagem, que tem previsão de conclusão para 2013 e consumirá um investimento de R$ 3 bilhões, ficará instalada no complexo industrial portuário de Suape e terá uma capacidade de produção de 200.000 carros por ano, segundo informa a montadora.

A fábrica pernambucana será responsável pela produção de um carro da Fiat, que ainda será desenvolvido, e empregará 3.500 funcionários diretos O futuro modelo é cotado para substituir o Mille, à venda no Brasil desde 1984. Já o local exato da unidade em Suape será conhecido no próximo dia 29 deste mês durante a cerimônia de inauguração da pedra fundamental da nova planta, que contará novamente com a participação de Lula.

Considerada uma linha de montagem média, a fábrica da Fiat em PE também será importante para exportações e importações em regime CKD (carros desmontados) devido a sua localização, que facilita o transporte marítimo e reduz o uso de frete por terra. O plano de expansão da montadora no país inclui ainda o aumento de sua unidade em Betim (MG) para produzir 950.000 automóveis por ano, contra 800.000 da capacidade atual.

Esta será a segunda fábrica da Fiat no Brasil. A planta de Betim (MG), inaugurada em 1976, conta com 613.800 m² e é responsável por todos os modelos nacionais fabricados hoje pela marca italiana

Thiago Vinholes

|