A Fiat ainda não digeriu a determinação do Ministério da Justiça de obrigá-la a promover um recall do cubo da roda do modelo Stilo. O presidente da montadora, Cledorvino Belini, negou ontem que exista defeito no modelo: “O produto atende às especificações, não existe o defeito. Estamos com todos os testes feitos pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) e por vários institutos, e essa é a realidade dos fatos”, disse ontem à Agência Brasil, do governo.

Belini disse também que a Fiat recorrerá da decisão, embora reconheça que seguirá a determinação de convocar o recall dentro do que o governo especificou. Cerca de 60 mil unidades do modelo deverão ser convocadas pelo recall.

A multa de R$ 3 milhões, considerada baixa pela gravidade dos fatos, é o valor máximo previsto no Código de Defesa do Consumidor.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/