Alfa Romeo e Lancia, duas marcas que não têm recebido da Fiat a atenção que merecem, ganharam novas perspectivas dentro dos recentes planos anunciados pela montadora italiana. Até 2012, o recém-lançado e belíssimo Giulietta emprestará sua plataforma para outro veículos, dentre eles um utilitário compacto. Eles serão os substitutos de 147, GT Coupé, Brera e Spyder, que terão sua produção encerrada, e marcarão o retorno da Alfa aos EUA.

No ano seguinte, o compacto MiTo passará por sua primeira reestilização, que acompanhará uma versão quatro portas; o 159 sai de cena, enquanto um modelo roadster entra para a gama da marca. Já em 2014, o Giulietta ganha um facelift e um novo crossover fará sua estreia.

Enquanto isso, na Lancia, a minivan Phedra e o compacto Ypsilon aguardam suas novas gerações já para o ano que vem. Em 2012, será lançada a plataforma Compact, base para um hatch, um sedã e uma minivan, e que também será usada pela Chrysler para desenvolver o novo Sebring. E em 2014, dão adeus o hatch médio Delta e a minivan Musa.

Rodrigo Mora

|