Como resposta a Renault Duster Oroch, que começa a ser vendida em novembro, a Fiat vai lançar a Toro, sua primeira picape média no mercado brasileiro. E nesta semana, o novo modelo acabou vazando novamente em imagens que estão circulando em grupos do WhatsApp feitas dentro da planta do Grupo FCA em Goiana (PE), que já fabrica o Jeep Renegade e será responsável também pela produção do utilitário da marca italiana.

A nova Fiat Toro vai ostentar um visual mais moderno, com destaque para a dianteira, que exibe um grosso filete cromado com o logotipo da empresa no centro e faróis auxiliares afilados nas extremidades, enquanto os principais ficam numa posição inferior, juntamente com a tomada de ar principal. Além disso, o modelo apresenta lanternas espichadas e tampa dividida em duas partes, com abertura horizontal, o que deve facilitar a acomodação de objetos na caçamba. A inspiração vem do conceito FCC4, mostrado no último Salão de São Paulo.

 
 
Picape média da Fiat na fábrica de Pernambuco Picape média da Fiat na fábrica de Pernambuco
Nova picape da Fiat na fábrica de Goiana Nova picape da Fiat na fábrica de Goiana
Nova picape da Fiat na fábrica de Goiana Nova picape da Fiat na fábrica de Goiana
 
 

O interior da picape da Fiat ainda não apareceu nos flagras, mas o modelo deve seguir a linha do Renegade, mas com acabamento mais simples, sem a textura emborrachada no painel, por exemplo.

A gama de motores da Toro deverá ser a mesma do crossover, o que inclui o 1.8 litro Evo flex de até 132 cv e 19 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco velocidades ou automático de seis, e o 2.0 litros MultiJet turbodiesel, que desenvolve 170 cv e 35,7 kgfm, com transmissão automática de nove velocidades e tração nas quatro rodas.

Quanto aos preços, a Fiat também pode acompanhar o Jeep, que é oferecido entre R$ 69 mil e R$ 120 mil. A chegada da Toro, no entanto, foi postergada para 2016, segundo apurou o site Blogauto. Antes prevista para o final deste ano, a picape só deve chegar às lojas da Fiat entre fevereiro e março do ano que vem.

Redação

Redação |