Depois que alguns exemplares da Ferrari 458 Italia acabaram incendiados por um problema simples no isolamento térmico na Europa e mesmo com um recall promovido pela marca italiana, outro exemplar do modelo pegou fogo no último fim de semana em São Paulo.

O incidente ocorreu no domingo no Rodoanel Mário Covas e destruiu por completo o esportivo de R$ 1,5 milhão, um dos destaques da Ferrari no Salão do Automóvel. Embora não se saiba a razão de mais esse incêndio, o problema do adesivo volta a ser o suspeito número 1.

Este ano, cerca de 20 exemplares do modelo foram vendidos no Brasil, mas o importador oficial, a Via Italia, afastou o recall dessas unidades. Ouvido na época pelo AUTOO, a empresa garantiu que a Ferrari 458 Italia vendida aqui já trazia essa correção.

 

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/