O Ford Fusion vem cumprindo bem o papel do Mondeo aqui no Brasil, mas seria interessante imaginar quem faria mais sucesso hoje em dia. Ainda mais agora, que a montadora deu uma leve retocada no visual do sedã. A principal diferença está na parte frontal, com nova grade, para-choque redesenhado e faróis dom LEDs de funcionamento permanente. A estréia oficial do novo Mondeo será no Salão de Moscou, no final de agosto.

Mas o Mondeo 2011 não concentrou as novidades apenas na estética. A Ford aproveitou para renovar a motorização do sedã, que agora conta com um bloco 2.0 EcoBoost, de 237 cv, ante 200 cv do antigo propulsor. Outras mudanças ocorrem nos motores a diesel, com uma melhora no rendimento das versões 2.2 (197 cv) e 2.0 (113 cv, 138 cv e 161 cv). Pela primeira vez, o Mondeo ganha a transmissão Powershift de dupla embreagem – de série nos carros com motor EcoBoost e opcional nos demais. Entre as novas tecnologias, está o indicador de ponto cego, similar ao Blis da Volvo, mas na Ford chamado de Active Grille Shutter.

Ainda não há imagens do interior, que também passou por mudanças não muito radicais. As novidades ficam por conta das luzes de cortesia com LEDs, um renovado sistema de navegação e o sistema de som de 256W, ligado a um subwoofer de 17 litros.

Rodrigo Mora

|