Com a necessidade de se reduzir os índices de consumo e emissão de gases poluentes, a tendência é que os superesportivos do futuro utilizem motorização híbrida para atingir níveis mais adequados. A Ferrari com o conceito 599 Hybrid e a Porsche que recentemente apresentou o 918 RSR são alguns dos primeiros exemplos. A próxima marca que pode se aventurar nesse campo é a Ford, que planeja o lançamento da próxima geração do GT como um híbrido, segundo aponta o website da revista inglesa AutoExpress.

De acordo com a publicação, o modelo unirá a força de um motor V8 supercharged (compressor mecânico) com outro elétrico, somando mais de 600 cavalos de potência. Outra novidade importante pode ser o emprego de tração integral, sendo o eixo dianteiro impulsionado somente por eletricidade, como já acontece em alguns híbridos convencionais.

Inspiração no passado

O Ford GT foi fabricado entre 2003 e 2006 e sua concepção é uma homenagem ao lendário GT40, famoso carro de corrida da marca do oval azul campeão das 24 Horas de Le Mans de 1966 e responsável por desbancar uma longa hegemonia da Ferrari na competição. Na versão moderna, o carro era impulsionado pelo “big block” 5.4 supercharged V8 de 558 cv e 69,2 kgfm de torque. Com esse “poder de fogo” o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos e atingia 330 km/h de velocidade máxima. É um carro que deixou saudades...

Thiago Vinholes

|